Seja bem vindo. Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020

Área Restrita:

Informativo:



Artigos

IDEIAS E CAMINHOS PARA A EDUCAÇÃO

Airton Oliveira (23/01/2020)

Frequentemente a imprensa estampa os resultados da educação nacional. No exame do Enem, das 100 primeiras, raro constarem escolas públicas. Com exceção das ilhas de excelência, a exemplo das escolas militares e federais, a participação do Brasil tem se tornado mais vexatória quando da divulgação do PISA (programa de avaliação internacional). Lá fora nossas fraquezas são escancaradas ao confrontar com o clube formado pelos países da OCDE. Fica a sensação de que acostumamos a uma rotina de isenção ou culpa, onde é tranquilo noticiar nossa participação num conformismo que tenta convencer de que “é isso mesmo, pobre não tem vez”. A solução vem com o voucher educação na escola básica, a exemplo do Prouni. O novo governo identificou que não vale a pena manter estatais que alcançam o risível 10% ou mesmo 90% de seu custeio. Dados do PISA revelaram que há duas educações no Brasil. O resultado da rede de escolas da livre iniciativa encontra-se equiparado aos países com melhores desempenhos. Como os melhores alunos da rede pública são os que mais evadem em busca do abrigo da Lei 9.870/91 e à outra menor parte, resta o subemprego. Mais justo será assegurar vagas de maneira legitimada, a famílias que mais precisam, permitindo que crianças e jovens alcancem bons resultados sem necessidade de afundar prejuízos às escolas da livre iniciativa. Nas três últimas décadas estas escolas sofreram sedição econômica, ingerência na gestão e forte regulação estatal que muito prejudicam seu funcionamento, impondo obrigação de prestar serviços sem nenhuma garantia da contra prestação pelos serviços prestados. Há quatro séculos, Victor Hugo alertava sobre o fechamento de escolas em contraponto ao iminente perigo do aumento da construção de presídios. Isso não é coincidência. O governo federal precisa implantar o voucher educação na escola básica. Crianças e jovens carentes serão beneficiados, oportunizando crescimento e estudo continuado para uma vida digna.




Comentários


Nenhum comentário



Inserir comentário



Copyright ©2011 SINEPE-CE, Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Ceará

Rua Senador Pompeu,1381, Centro
Contato: (85) 4012-0800 | Fax: 4012-0803
Fortaleza · Ceará · Brasil
REFFER